sbce.med.br sbce.med.br sbce.med.br



HOME > artigo

OTIMIZANDO O TRATAMENTO DOS PACIENTES COM CEFALEIA NO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE (SUS)

PUBLICADO EM 15/04/2019

Luiz Paulo de Queiroz

Responsável pelo Ambulatório de Cefaleia do Hospital Universitário, UFSC, Florianópolis, SC

 

Os pacientes com cefaleia do SUS deveriam ser tratados igualmente como os pacientes de convênio ou de consultórios particulares. No entanto, questões envolvendo o número de atendimentos por hora de trabalho, imposto aos médicos, e a falta de acesso a alguns medicamentos indicados para o tratamento das cefaleias, dificultam o tratamento ideal recomendado nos consensos da Sociedade Brasileira de Cefaleia e nos guidelines internacionais. Numa consulta aos membros da Associação Brasileira de Neurologia, em 2015, a grande maioria dos neurologistas acredita que o tempo de uma consulta neurológica deve durar de 20 a 40 minutos; e não ser estabelecido em 4 atendimentos por hora de trabalho. Segundo o filósofo Mario Sergio Cortella, devemos fazer o melhor, na condição que temos, enquanto não temos condições melhores, para fazer melhor ainda!

Confira o restante da matéria abaixo:

https://sbcefaleia.com.br/associado.php?materia&id=431

(OBS: o acesso ao restante deste texto é exclusivo ao associados da Soc. Bras. de Cefaleia)